quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Entra por um ouvido...tolerância "0"

...e sai pelo outro!

É assim que acontece no nosso dia a dia, quando simplesmente ouvimos coisas que "não tem nada a ver": filtramos, e o que não serve jogamos fora. Falando sobre maternidade, desde o momento que engravidamos, passamos a ouvir cada coisa que, quem é mãe sabe exatamente o que estou dizendo. Lá vai alguns exemplos:

Na gravidez:
  • nossa como você engordou!
  • barriga redonda: é menina (nasceu um menino)
  • barriga pontuda: é menino (nasceu uma menina)
  • seu pé tá parecendo um pão francês
  • tá enjoando? É cabeludo(a)
  • já sentiu desejo estranho tipo comer sorvete com tijolo raspado?
  • você está andando como uma pata
  • você quer? (eu dizia que não queria, mas saía na hora pra comprar um igual e comia escondido)
  • nem tá aparecendo a barriga
  • comeu melancia (tolerância 0)
  • você quer menino ou menina?
  • vai ser: menino! ou menina! (falam como se fossem videntes)
E quando aparece um "ser" para contar alguma desgraça relacionado a mãe e filho? E ainda diz: calma que não é com você...

Depois da gravidez então:
  • dá um chazinho de erva-doce ou camomila, ele(a) vai dormir e não vai sentir cólicas (mentiiiira)
  • quando ele(a) tiver com uns 4 meses dá papinha pra ele(a)
  • dá água pra ele(a) tadinho(a) deve sentir sede
  • nossa você só dá leite
  • tá dormindo a noite toda? Não? Hahahaha
  • não faz isso, faz aquilo, mas assim está errado...
Haja paciência para tanto blá blá blá! E quando tem aquelas pessoas que acham que você não é boa mãe para seu filho? Quando acham que você não sabe cuidar direito? Se é gordinho é porque você está enchendo de comida! Se é magrinho é porque você não está dando comida direito! Poxa vida, cansada, sem dormir direito, tentando descobrir segundo pós segundo como é cuidar de um bebê recém-chegado, dores nos cortes, nos bicos dos seios e ainda ter que ouvir tanta besteira!

Vai um conselho porque não dá para responder com grosseria o tempo todo. Às vezes a pessoa nem tem intenção de te irritar e você corre o risco de precisar dela a qualquer momento. Então, quando vier alguém falando alguma coisa e você sentiu que passou dos limites, diga que vai fazer o que ela disse (e não faça)! Existem algumas pessoas que dá pra gente contar fielmente, mas ignore aquelas que só atrapalham! 

Ah! Lembrei de um caso que aconteceu comigo: tem uma mulher que não fala comigo e quando me vê passando na rua com a Tatá, fica chamando a minha filha, fica mexendo com ela e ainda passa recados para ela falar comigo!...(sem comentários né?) Pode respirar fundo, porque eu já enchi meus pulmões e já larguei pra lá!

Tenhamos paciência!

7 comentários:

  1. Pior que sempre vai ter pessoas 'sem-noção' que tem solução pra tudo e pra todos! Escuto muita coisa do tipo e fico muito irritada com isso, principalmente quando estava grávida... tem gente que perde ótimas oportunidades de permanecerem caladas né! bjo

    ResponderExcluir
  2. Estou grávida de 04 meses e já ouvi cada coisa sobre a gravidez e sexo d bebê! Até que era gêmeos pela curva da coluna já ouvi.. ai ai ai! Não sou muito simpática com pessoas sem noção... mas estou me esforçando! Bjo!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju,

    Noossa é muito verdade, né?
    Parece q todo mundo é melhor mãe q vc, q tudo oq vc faz tá errado!!

    Affff, sai daquiiiiiii!!!!

    Tem q ter muita paciencia mesmoooo!!!

    Bjos!!

    Loreta#amigacomenta;)
    @bagagemdemae

    ResponderExcluir
  4. Ah, Ju, esta semana tem um sorteio de Kinder Ovo gigante lá no blog!!

    Vai lá!! ;)

    www.bagagemdemae.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Ju, realmente têm pessoas que perdem a noção com comentários maldosos, onde muita vezes não percebem a falta de tato e magoam. Já passei e passo por momentos assim, mas o que aprendi a fazer é agir com educação e não absorver aquela energia negativa.Tem momentos que mesmo assim não adianta, então fico em pensamento, pedindo pra Deus iluminar e não permitir que a raiva e ódio se instalem em mim. Super bjs,

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ju, adorei esse post... ninguém melhor que uma mãe pra saber do que tu tá falando... Linkei no blog!

    beijo!

    Mariáh
    http://cartasaomeubebe.com/

    ResponderExcluir
  7. É bem verdade aquilo que você escreveu. É bom partilhar, porque caso contrário, a nova mãe pensa que o problema é dela, quando a maioria das vezes o problema é dos outros!

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar seu comentário, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...