sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

O sonho crescendo

Imagem Google

Que delícia, dá para senti-lo, fazer carinho. Ai! Ele está mexendo! Bem, para as mamães de primeira viagem  uma pergunta que vem logo em seguida é: "Será que isso que eu senti é o bebê mexendo mesmo?"

Umas dizem que parece um monte de borboletas voando, para mim parecia um monte de pedrinhas, tipo aquelas que você mexendo dentro da água. Era legal demais! Vai chegar um tempo que essas sensações irão se transformar em chutes, cotoveladas. Nossa isso lembra quando minha filha queria ficar se esticando dentro de mim...


Tem mães que disseram que o bebê chutava a costela...eu torcia para que não acontecesse comigo.


Banheiro??? Sempre que eu ia para algum lugar eu já tentava mapear um banheiro no meio do caminho caso não conseguisse segurar. Tinha momentos que eu acabava de levantar e tinha que sentar de novo para despejar aquela gota...sim...uma gota!


Era uma gotinha que se não liberasse parecia que a bexiga ia estourar. Algumas mães não conseguiram segurar esta gota e então...xiiiiiiii, já sabe no que deu né?


Em uma gestação tranquila se puder manter a mente ocupada é uma boa. Caminhe um pouco para ajudar na circulação e se estiver trabalhando, continue até não poder mais, mas sem exageros é claro.


Ah, como é bom ser interrompida em qualquer coisa que se esteja fazendo para sentir o bebê mexendo...eu conversava com ela, até cantava uma canção de minha autoria, mas bem baixinho para as pessoas não ficarem "encantadas" demais com a letra.


Hummm que fome...que horas são?? 03h00 da madrugada, ou eu levantava pra comer ou então perdia o sono. Às vezes meu marido fazia a bondade de levantar e buscar algo na cozinha.


Nossa que sono! Para quem gosta de dormir essa é uma ótima oportunidade para tirar o atraso do sono que você não terá depois que o bebê nascer e nada de ficar ligando para o pediatra para saber se é normal o bebê não dormir a noite toda!


Um colega meu fazia isso...


Puxa, como será que o bebê vai ser? Como será a vida depois do nascimento dele? Como vai se chamar? Quanta ansiedade, são tantas perguntas que surgem.


Uma dica interessante é ter uma pessoa que está em fase mais adiantada que a sua para responder algumas delas. Mas uma pessoa bacana que faça questão de responder para ajudar. Porque abobrinha, só se for para comer e não para ouvir!

2 comentários:

  1. Julianda,

    Vi que está seguindo o recanto das mamães blogueiras e vim te dá boas vindas.
    Bjs, mamãe Genis.

    http://mamaegenis.blogspot.com/
    http://www.blogdagenis.blogspot.com/
    http://recantodasmamaesblogueiras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Genis!
    É tão bom falar o quanto é encantador ser mãe, né?
    Pensei em dividir isso fazendo um blog!

    ResponderExcluir

Obrigado por deixar seu comentário, volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...